Dez por cento dos partos realizados em Ponta Delgada em 2007 foram de adolescentes

Estudo liderado por investigador da Universidade do Minho

17 setembro 2008
  |  Partilhar:

Dez por cento dos partos ocorridos em 2007 no Hospital de Ponta Delgada foram de jovens adolescentes, na faixa etária entre os 14 a 19 anos, alerta um estudo divulgado esta semana.
 

 

André Melo, que está a concluir o sexto ano na Escola de Ciências da Saúde da Universidade do Minho, durante mais de dois meses realizou uma pesquisa para caracterizar a população de adolescentes que, durante 2007, foi acompanhada no Serviço de Ginecologia e Obstetrícia do Hospital de Ponta Delgada e realizou o parto nesta que é a maior unidade de saúde açoriana.
 

 

O levantamento, que incidiu sobre as ilhas do Grupo Oriental (São Miguel e Santa Maria) do arquipélago, aponta para 186 casos de maternidade precoce entre Janeiro e Dezembro de 2007. Dos 186 casos, a maioria (80%) tinha entre 17 a 19 anos, mas 20% eram jovens entre os 14 e 16 anos.
 

 

Ponta Delgada e Ribeira Grande (São Miguel) foram os concelhos com maior número de casos (71,5%) de jovens mães. Rabo de Peixe (16%), no concelho da Ribeira Grande, foi a localidade com maior número de casos, acrescentou à Lusa André Melo, ao salientar que 70% das jovens grávidas “tinham uma baixa escolaridade (entre o 6º e 9º ano)”; a maioria estavam desempregadas (75%) e apenas 13% continuavam a frequentar a escola, enquanto 12% estavam a trabalhar.
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.