Detido suspeito de “gigantesca fraude” ao SNS

Comunicado da PJ de Setúbal

22 julho 2007
  |  Partilhar:

 

A Polícia Judiciária de Setúbal deteve, na semana passada, o director clínico de uma farmácia de Setúbal suspeito da prática de uma "gigantesca fraude" contra o Serviço Nacional de Saúde (SNS), através da falsificação de receituário médico.
 

 

Em comunicado, a PJ refere que desencadeou uma operação "que culminou com a detenção do principal suspeito da prática de mais uma das gigantescas fraudes detectadas nos últimos anos contra o SNS, através do sector farmacêutico".
 

 

A investigação, desenvolvida na sequência de auditorias realizadas pela ADSE e pela Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo, implicou a análise de centenas de documentos, a audição de dezenas de testemunhas e a realização de diversas buscas.
 

 

Segundo a PJ, as investigações, que decorriam há cerca de um ano, permitiram "o desmantelamento de uma autêntica fábrica de falsificação e contrafacção de receituário médico e seus componentes, através dos quais, desde Setembro de 2004, foram obtidas comparticipações indevidas de centenas de milhares de euros do SNS". "Entre 2004 e 2005, a fraude ascende a cerca de 650 mil euros, podendo estimar-se em mais de um milhão de euros devido ao receituário viciado de 2006", refere a PJ.
 

 

Fonte: Lusa
 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.