Desvendado gene responsável pelo aumento do risco de Gota

Estudo apresentado na revista “Nature Genetics”

13 março 2008
  |  Partilhar:

Cientistas escoceses descobriram uma variante genética que pode aumentar o risco de Gota, de acordo com um estudo publicado na revista “Nature Genetics”.
 

 

A variação, que ocorre no gene slc2a, parece dificultar a eliminação de ácido úrico do sangue, segundo os resultados do estudo realizado pela MRC Human Genetics Unit, em Edimburgo.
 

 

Num organismo saudável, o ácido úrico é eliminado do sangue principalmente através dos rins e expulso pela urina. No entanto, em algumas pessoas os rins não cumprem satisfatoriamente essa função, permanecendo ácido úrico no sangue e levando à formação de cristais nas articulações.
 

 

Acredita-se que dietas ricas em açúcar refinado, proteínas e álcool aumentem esse risco. No entanto, muitas pessoas que consomem uma dieta desse tipo não desenvolvem a doença.
 

 

A análise genética efectuada em doze mil pessoas descobriu que a variante genética poderá ser a causa. Segundo o professor Alan Wright, que liderou a equipa de cientistas, o gene em causa "tem um papel-chave na determinação da eficácia do transporte do ácido úrico pelas membranas do rim".
 

 

"Alguns indivíduos podem correr um risco maior ou menos de sofrer da doença de acordo com o tipo de gene herdado", explicou outro membro da equipa de cientistas, Harry Campbell, para o qual esta última descoberta pode ajudar a desenvolver melhores meios de diagnóstico.
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.