Desportistas correm mais risco de contrair Cancro da Pele

IPO lança alerta em vista ao FCP

27 maio 2008
  |  Partilhar:

Os desportistas são mais susceptíveis a contrair cancros da pele, alertou o Instituto Português de Oncologia (IPO) do Porto durante uma acção preventiva realizada esta semana com jovens futebolistas do Futebol Clube do Porto (FCP).
 

 

"Quem faz desporto deve ter cuidados acrescidos, pois está muitas horas ao ar livre. Os efeitos do sol perpetuam-se no tempo e são muito negativos. É necessário prevenir e educar", advertiu a Coordenadora da Clínica de Pele, Tecidos Moles e Osso do IPO do Porto, que foi acompanhada pela agência Lusa.
 

 

Matilde Ribeiro, também directora do serviço de Cirurgia Plástica, avisou, por isso, os desportistas para a necessidade dos treinos matinais terminarem até às 12:00 e os vespertinos principiarem depois das 16:00, de forma a evitar as horas de maior incidência solar. "E devem usar protector solar todo o ano, principalmente no Verão, em que certamente não usam chapéu e muita roupa", acrescentou.
 

 

Para prevenir, deve-se procurar sombras, vestir roupas adequadas, ter em conta a densidade e composição do tecido, usar chapéu, óculos de sol (desde criança) e usar um protector solar com factor de protecção nunca inferior a 30.
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.