Desodorizante em comprimidos

Cientistas brasileiros criam pílula do perfume

31 agosto 2003
  |  Partilhar:

Investigadores da Universidade Federal do Ceará, no Brasil, desenvolveram cápsulas de perfume. Os cientistas afirmam que a toma destes comprimidos três vezes ao dia perfuma o corpo durante 24 horas, sendo mesmo desnecessário o uso de desodorizante.
 

 

Ao todo foram precisos dez meses de pesquisa, mas agora os cientistas crêem ter aperfeiçoado a fórmula, à base de óleo de coentros e uma substância extraída de crustáceos. O resultado, afirmam, é perfume de lavanda. A essência de coentros é responsável pelo odor, e a queitosana, destilada da casca do camarão, absorve o aroma, libertando-o aos poucos no organismo.
 

 

De acordo um dos investigadores envolvidos no projecto, Afrânio Craveiro, em declarações ao programa Jornal Hoje, da TV Globo, emitido na semana passada, «o produto está pronto, desenvolvido tecnologicamente. Mas é necessário que se cumpra as exigências da legislação para colocá-lo no mercado». O comprimido espera apenas o aval da Agência Nacional e Vigilância Sanitária brasileira para ser comercializado.
 

 

Fonte: Diário Digital
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.