Desfibrilhadores em ambulâncias do INEM ajudam a salvar vidas

Duas vidas por dia foram salvas no 1º semestre de 2013

20 agosto 2013
  |  Partilhar:

Segundo dados do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), a utilização de desfibrilhadores em ambulâncias contribuiu para o salvamento de uma média de duas vidas por dia durante o primeiro semestre de 2013.

 

Um comunicado do instituto menciona que “os desfibrilhadores automáticos externos (DAE) disponíveis nas ambulâncias de emergência/socorro do INEM e dos seus parceiros, nomeadamente bombeiros, foram utilizados 2.199 vezes no primeiro semestre de 2013”.

 

O desfibrilhador automático externo é um dispositivo portátil que permite, através de elétrodos adesivos colocados no tórax de uma vítima em paragem cardiorrespiratória, analisar o ritmo cardíaco e recomendar ou não um choque elétrico.

 

Segundo a agência Lusa, o INEM investiu um milhão de euros em desfibrilhadores automáticos externos, ao longo dos últimos três anos, para dotar todas as ambulâncias de emergência/socorro existentes em Portugal (próprias do INEM, Postos de Emergência Médica e Postos Reserva dos Bombeiros) com o equipamento de DAE. O processo de equipamento dos veículos de socorro ficou concluído no passado mês de julho.

 

A utilização específica daqueles aparelhos permitiu, segundo o INEM, salvar 48 vidas “no próprio local da ocorrência”, sendo que no total, e utilizando os vários recursos, as equipas de emergência médica pré-hospitalar conseguiram reverter 354 casos de paragem cardiorrespiratória no primeiro semestre do ano, “ou seja, duas vidas salvas por dia”.

 

Atualmente circulam em território continental 518 ambulâncias equipadas com DAE, incluindo ambulâncias próprias do INEM (49) e ambulâncias disponibilizadas e operadas por Bombeiros e Cruz Vermelha Portuguesa (469).

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.