Desenvolvidos mosquitos transgénicos que podem ajudar no controlo da Malária

Trabalho publicado no “Proceedings of the National Academy of Sciences”

26 março 2007
  |  Partilhar:

Um tipo de mosquito transgénico resistente à Malária, que tem melhor potencial de sobrevivência do que os insectos transmissores da doença, foi criado em laboratório por cientistas norte-americanos. O estudo foi publicado na revista “Proceedings of the National Academy of Sciences”. Um grupo de cientistas da Johns Hopkins University, em Baltimore, tem vindo a desenvolver experiências com mosquitos geneticamente modificados nos quais foi inserido o gene que codifica a proteína SM1, que bloqueia a infecção. A ideia é criar um tipo de insectos imunes ao vírus da Malária, dispersando-a, de seguida, em zonas onde a doença é muito comum, cruzando, assim, os mosquitos geneticamente modificados com os selvagens. Isto levaria à disseminação do gene protector, ocorrendo uma redução considerável da segunda doença contagiosa mais mortal do mundo, a seguir ao vírus VIH. O estudo demonstrou que os mosquitos imunes à Malária são mais resistentes que os não alterados na nona geração, (os mosquitos com o gene protector eram 70% da população total), isto porque viveram mais tempo e reproduziram mais que os insectos normais. A equipa de cientistas alertou, no entanto, para o facto de serem precisos mais testes antes da utilização efectiva dos mosquitos transgénicos. Principalmente por dois aspectos importantes nos exames, a equipa de pesquisadores utilizou uma variante da Malária que não é a que afecta os seres humanos; e os mosquitos usados não foram a espécie mais comum (foi utilizado o mosquito Anopheles stephensi, existente na Ásia, quando o mosquito Anopheles gambiae é a espécie mais presente em África, principal centro da doença). Fontes: Diário de Notícias e Imprensa Internacional MNI-Médicos Na Internet

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.