Desenvolvido spray contra ejaculação precoce

Trabalho publicado no “British Journal of Urology”

07 fevereiro 2007
  |  Partilhar:

Um estudo publicado na edição de Fevereiro da revista especializada “British Journal of Urology” anuncia que o uso de um spray anestésico de aplicação tópica conseguiu retardar, de forma significativa, a ejaculação, em homens que sofriam de precocidade. Uma equipa de investigadores ingleses e holandeses analisou 54 homens com ejaculação precoce, submetendo cada um deles a um tratamento com o spray ou com um placebo. A escolha dos voluntários para cada grupo foi feita ao acaso. Homens de ambos os grupos informaram que, antes da experiência, ejaculavam um minuto após a penetração. "Os homens que receberam o spray, que emite uma combinação de lidocaína e prilocaína, conseguiram adiar a ejaculação pouco menos de quatro minutos ", apontou o investigador Wallace Dinsmore, do Royal Victoria Hospital. Já o grupo de controlo, que usou o spray inerte, obteve um ganho de 40 segundos. O estudo abrangeu casais heterossexuais em relação monogâmica estável e dispostos a tentar relações sexuais pelo menos sete vezes durante um período de dez semanas, a duração do estudo. Os homens foram instruídos a usar o spray 15 minutos antes de iniciar a relação sexual. Além dos sprays, os dois grupos receberam um cronómetro para que o homem, ou a sua parceira, pudessem controlar o tempo até à ejaculação. MNI- Médicos Na Internet

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.