Desenvolvido aparelho que induz o sono

Trabalho publicado na “Proceedings”

15 maio 2007
  |  Partilhar:

 

Cientistas da University of Wisconsin-Madison, EUA, estão a desenvolver um aparelho que esperam ser capaz de resolver problemas de insónia, revela um estudo publicado na revista científica “Proceedings of the National Academy of Sciences”.
 

 

A máquina envia impulsos magnéticos que atravessam o crânio do paciente e estimulam ondas cerebrais lentas que normalmente ocorrem durante o sono profundo. No entanto, ainda não está claro se o sono induzido artificialmente traria os mesmos benefícios do sono normal.
 

 

O estado profundo do sono é caracterizado pela actividade de ondas lentas - ondas eléctricas com cerca de um segundo de duração - que percorrem o cérebro aproximadamente mil vezes por noite.
 

 

No seu estudo, o especialista Giulio Tononi usou uma técnica chamada Estimulação Magnética Transcraniana (Transcranial Magnetic Stimulation- TMS).
 

 

Um sinal magnético activa os impulsos eléctricos, produzindo ondas lentas no cérebro dos voluntários. Durante o processo, a actividade cerebral dos voluntários foi monitorizada. Em resposta a cada impulso magnético, o cérebro dos participantes produziu imediatamente as ondas típicas do estágio de sono profundo. "Com um único impulso fomos capazes de induzir uma onda que parece idêntica àquelas que o cérebro produz normalmente durante o sono”, disse Tononi.
 

 

MNI-Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.