Desenvolvido adesivo contra "diarreia do viajante"

Estudo apresentado na revista “The Lancet”

12 junho 2008
  |  Partilhar:

Adesivos que substituem injecções também são eficazes na diminuição da incidência de diarreia, aponta um estudo publicado na revista "The Lancet".  

Os adesivos contêm toxinas da bactéria Escherichia coli enterotoxigénica, implicada em mais de 80% dos casos de diarreia.  

 

Segundo o estudo da Iomai Corporation, empresa norte-americana de biotecnologia responsável pelo desenvolvimento do adesivo, os viajantes imunizados com adesivos manifestaram episódios mais curtos e menos graves da doença.  

 

Os especialistas liderados por Gregory Glenn e Sarah Frech estudaram 201 norte-americanos, adultos e saudáveis, e com idades entre os 18 e os 64 anos, que viajariam ao México e à Guatemala.  

 

Os voluntários foram seleccionados aleatoriamente para receberem os adesivos ou um placebo. No total avaliado, 15% dos que tinham recebido o adesivo sofreram diarreia, contra 22% dos que receberam um adesivo inactivo. Segundo o estudo, o adesivo mostrou-se 75% mais eficaz a prevenir a diarreia entre moderada a severa e 85% mais eficaz na prevenção da diarreia severa.  

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.