Desenvolvida impressora 3D que regenera os ossos

Estudo publicado na revista “Dental Materials”

14 dezembro 2011
  |  Partilhar:

Uma equipa de investigadores da Universidade de Washington, nos EUA, começou a usar uma impressora 3D que cria um material semelhante ao tecido ósseo, o qual, segundo os cientistas será indicado para reparar lesões. O estudo foi publicado na revista “Dental Materials” e o equipamento poderá ser usado dentro de poucos anos.

 

Até agora, este tipo de impressora era usada para criar próteses. No entanto, este novo dispositivo produz uma substância que pode ser adicionada ao osso danificado e actuar como suporte para fazer crescer novas células ósseas. Neste sentido, os especialistas indicaram que a substância utilizada é dissolvida "sem efeitos negativos aparentes."

 

A líder da investigação, Susmita Bose, explicou que "pode usar-se este pó cerâmico semelhante ao osso como matéria de alimentação” e indicou que "pode fazer-se com ele qualquer coisa que se desenhe no computador."

 

A equipa passou quatro anos no desenvolvimento dessa substância semelhante ao tecido ósseo. Conseguiram criar o material após terem descoberto uma forma de duplicar a força do pó de cerâmica que é constituído à base de fosfato de cálico, através da ligação entre a silica e o óxido de zinco.

 

Também reformularam uma impressora que foi originalmente projectada para fazer objectos tridimensionais de metal. A impressora liberta um ácido em vez de tinta, sobre uma película de poeira, que reage para produzir uma forma de cerâmica que traça a forma do osso a reconstruir. O osso danificado é reproduzido na sua forma original, mediante a impressão de camadas sucessivas.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.