Descobeto tratamento para a fasciolose hepática

Substância oxida grupos de açúcares dos parasitas

21 julho 2002
  |  Partilhar:

A investigadora e professora universitária, Belkisyole Alarcón de Noya, apresentou, na semana passada, um novo método para o tratamento de casos de fasciolose hepática.
 

 

O método apresentado pelo cirurgião da escola Luis Razetti da Faculdade de Medicina da Universidade Central da Venezuela (UCV) consiste na aplicação de metaperiodato de sódio como substância capaz de oxidar os grupos de açúcares dos parasitas, que originam a doença.
 

 

A investigação obteve os prémios anuais para médicos, criados por José María Vargas e Luís Razetti, que serão entregues em Outubro.
 

 

A fasciolose hepática atinge o homem através de larvas que nadam na água depois de serem libertados os caracóis de água doce, que, infectados, contagiam os rios e ribeiras.
 

 

Fonte: Lusa
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.