Descoberto novo gene implicado no cancro da mama e do ovário

Estudo publicado na “Deutsches Ärzteblatt International“

02 junho 2011
  |  Partilhar:

Apenas entre 5% a 10% de todos os cancros da mama são de origem monogénica, ou seja, existe uma mutação dos genes BRCA1, BRCA2 ou noutros genes de alto risco para o desenvolvimento desse tipo de tumor. Agora, num estudo publicado na “Deutsches Ärzteblatt International “, um grupo de cientistas alemães traz novos dados sobre a patogénese e o tratamento do cancro da mama e do ovário.

 

A equipa, liderada por Alfons Meindl, do Klinikum der Isar, de Munique, verificou que, quando o BRCA1 ou o BRCA2 é mutante, existe um risco de cancro da mama até 85% e de cancro do ovário até 50%. A equipa também verificou que existe outro gene que predispõe para estes dois tipos de cancro, o RAD51C. Tal como BRCA1 e BRCA2, o RAD51C desempenha um papel central na reparação do ADN e a presença da sua forma mutada existe em cerca de 1,5 a 4% de todas as famílias com predisposição para cancro da mama e do ovário.

 

Quando existem provas da presença de uma mutação genética de alto risco, os autores recomendam a triagem intensiva. O risco pode ser reduzido pela remoção bilateral profilática das mamas e dos ovários. No futuro, apontam os cientistas em comunicado, as abordagens com base em fármacos para redução do risco também poderá ser possível.

 

Na Alemanha, país onde foi realizado o estudo, o cancro da mama é a doença maligna mais comum em mulheres e o cancro do ovário é o tumor ginecológico com a maior taxa de mortalidade. Pode existir uma carga hereditária, se só duas mulheres, ou uma mulher jovem, de uma família desenvolver a doença, aponta o mesmo comunicado de imprensa.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Classificações: 1 Média: 4
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.