Descoberto novo açúcar que faz bem ao coração

Estudo publicado na revista “Chemical Communication”

21 dezembro 2011
  |  Partilhar:

O açúcar é frequentemente apontado como uma das causas de doenças cardíacas, mas de acordo com um estudo da Universidade de Melbourne, ele também pode ser uma das soluções. O estudo foi publicado na revista “Chemical Communication”.
O investigador Corin Storkey fez a descoberta enquanto pesquisava para o seu doutoramento no Instituto Bio21, na Universidade de Melbourne, na Austrália.

 

Durante a investigação, Storkey encontrou uma maneira de converter açúcares como a glicose num derivado que pode ser usado para ajudar na protecção contra o tipo mais comum de doenças cardíacas, a aterosclerose.

 

"Os nossos compostos de açúcar-selénio eliminam um grupo de ácidos (hypohalous) altamente reactivos que pode danificar os tecidos quando produzidos no lugar errado, ou na hora errada, ou em quantidades excessivas," explicou, em comunicado, Carl Schiesser, co-autor do estudo.

 

Os cientistas descobriram que os compostos de açúcar-selénio são capazes de evitar que esses ácidos danifiquem aminoácidos importantes no plasma humano, o que é um passo fundamental para interromper o desenvolvimento de doenças.

 

O grupo agora está a trabalhar para optimizar a técnica de fabrico do novo açúcar de modo a ser usado como fármaco. Embora estejam ainda à procura de financiamento, o cientista garante que dentro em breve irão avançar com os testes em ratinhos e que, dentro de três a quatro anos, deverão dar início aos testes com humanos. Novo açúcar já foi, entretanto, patenteado.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.