Descoberto mecanismo de resistência das bactérias aos antibióticos

Estudo publicado na "Science"

15 setembro 2009
  |  Partilhar:

Investigadores americanos descobriram o mecanismo de defesa pelo qual as bactérias conseguem adquirir resistência aos antibióticos, revela um estudo publicado na revista “Science”.

 

Os investigadores da New York University, nos EUA, constataram que o óxido nítrico, uma pequena molécula composta por um átomo de nitrogénio e um de oxigénio e produzida pelas bactérias, pode eliminar alguns dos efeitos-chave de uma vasta variedade de antibióticos.

 

O estudo revelou que a enzima bacteriana responsável pela produção do óxido nítrico, a óxido nítrico síntetase, é activada especificamente em resposta à presença de antibióticos. No entanto, a presença do óxido nítrico reduz a eficácia dos antibióticos dado que protege as bactérias do stress oxidativo.

 

Os investigadores descobriram também que a eliminação da produção de óxido nítrico permite a utilização de doses mais baixas e menos tóxicas de antibiótico.

 

Em declarações à BBC News, o coordenador do estudo, Evgeny Nudler, revelou que “o desenvolvimento de novos fármacos para combater a resistência aos antibióticos é uma tarefa difícil à qual está também associado um grande custo e inúmeras questões de segurança”. Assim, os resultados deste estudo indicam que “em vez de desenvolver novos antibióticos se pode aumentar a actividade dos existentes, tornando-os mais eficazes em doses mais baixas”.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.
 

 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.