Descoberto Homo erectus com um milhão de anos na Etiópia
22 março 2002
  |  Partilhar:

Um crânio de um Homo erectus com um milhão de anos,
 

comparável aos da Ásia com a mesma idade, foi descoberto na
 

Etiópia, mostrando assim que estes homens pré-históricos estavam já nesta época recuada largamente espalhados pelo mundo.
 

 

A descoberta foi recentemente anunciada por uma equipa científica americano-etíope na revista britânica "Nature".
 

 

O crânio foi descoberto em 1997 nos sedimentos geológicos
 

de Bouri, no Médio Aouche, a 230 quilómetros a nordeste de Addis Abeba.
 

 

Os autores deste trabalho, dirigido por Tim White, da
 

Universidade da Berkely (Califórnia), explicam que o exame ao crânio fornece um argumento de peso ao partidários da hipótese segundo a qual o Homo erectus era uma única espécie.
 

 

O local da nova descoberta é uma verdadeira "mina de ouro"
 

científica. O Vale do Médio Aouache, onde as escavações começaram em 1960 pela geólogo francês Maurice Taieb, revelou já uma verdadeira cadeia de antepassados (reais ou potenciais) do homem, entre 500.000 e seis milhões de anos.
 

 

Fonte: Lusa
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.