Descoberto gene que regula “sono normal”

Qualidade transmite-se por hereditariedade

11 outubro 2005
  |  Partilhar:

 

A qualidade do sono transmite-se por hereditariedade, afirmam na revista Science investigadores suíços do Centre Intégratif de Génomique da Université de Lausanne, Suíça, que identificaram pela primeira vez um gene do “sono normal”. Anteriormente, já tinham sido identificados genes que, em certas doenças muito raras, provocam perturbações do sono. Os investigadores também concluíram que a vitamina A tem influência sobre a qualidade do sono, embora desconheçam se o perturba por excesso ou por defeito.
 

 

A equipa de investigadores estudou em ratinhos a "actividade delta", medindo a profundidade do sono por electroencefalografia. Durante o estudo, os cientistas aperceberam-se que certos ratinhos tinham um sono estranho por carecerem de actividade delta. Comparando os seus genes com os de outros ratinhos, conseguiram localizar o gene responsável pela diferença. Trata-se de um gene, identificado como sendo o do ácido retinóico, sobre o qual age a vitamina A, presente nos legumes amarelos ou cor de laranja, como as cenouras, ou na gema de ovo. O estudo sobre os ratinhos permitiu estabelecer que o excesso de vitamina A é mau para o sono, mas não se conhecem as consequências da falta dessa vitamina.
 

 

Fonte: Lusa
 

MNI-Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.