Descobertas células imunitárias que atacam tecidos cancerosos

Estudo revelado na revista Nature Medicine

05 maio 2006
  |  Partilhar:

 

Uma equipa de cientistas franceses descobriu um novo tipo de células imunitárias em ratinhos que atacam e destroem tecidos cancerosos por simples contacto, o que abre um campo de investigação inexplorado, segundo um estudo publicado na revista britânica Nature Medicine. Os investigadores acreditam que o mesmo possa acontecer em humanos.
 

 

Investigadores franceses descobriram um novo subtipo de células dendríticas, chamadas IKDC (Interferon Producing Killer Dentritic Cells), capazes de matar directamente células tumorais sem passar pela etapa intermédia do linfócito T. "Nos ratinhos afectados por melanomas ou adenocarcinomas do cólon, esses IKDC são capazes de migrar preferentemente para a zona tumoral, infiltrá-la maciçamente e destruí-la de forma muito rápida, quatro horas depois de fazerem um bailado espectacular em volta das grandes células cancerosas", explicou a líder da investigação, Laurence Zitvogel, do Institut Gustave Roussy.
 

 

Os autores do estudo, em conjunto com cientistas do Institut national de la santé et de la recherche médicale (INSERM) e da Université Paris-Sud, também provaram que as IKDC são capazes de destruir indirectamente células tumorais ao segregar interferão gama, um anti-angiogénico muito potente.
 

 

Esta substância permite isolar o tumor dos vasos sanguíneos que o irrigam, contribuindo assim para o seu desaparecimento. Os investigadores esperam que a combinação de dois medicamentos (Glivec e Interleukina-2) possa favorecer a criação de IKDC, que além de muito pequenos são pouco numerosos. Nesta perspectiva, prevê-se que se iniciem proximamente estudos clínicos em pacientes com cancro dos ovários resistentes à quimioterapia e de sarcoma gastrointestinal que não respondem ao Glivec.
 

 

Fonte: Lusa
 

MNI- Médicos na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.