Descoberta proteína que impede a hipertensão

Estudo publicado na Nature Medicine

19 junho 2006
  |  Partilhar:

 

A proteína VAV3 é fundamental para o equilíbrio do sistema cardiovascular, já que a sua ausência provoca hipertensão, informou um estudo espanhol publicado na edição digital da revista "Nature Medicine".
 

 

Investigadores espanhóis descobriram que em ratinhos geneticamente modificados e que carecem dessa proteína - ligada ao desenvolvimento do cancro e à regulação da capacidade de mobilidade e forma das células - produzem, entre outras doenças, hipertensão e problemas graves no coração, nos vasos sanguíneos e nos rins.
 

 

De acordo com o líder da pesquisa, Xosé Bustelo, cientista do Consejo Superior de Investigaciones Científicas (CSIC), a revelação mais importante do estudo é o facto de uma só proteína afectar, a nível global, o funcionamento do sistema cardiovascular. O cientista salienta que, até agora, eram conhecidos muito poucos exemplos de desenvolvimento de hipertensão pela alteração de um único gene.
 

 

No estudo, os investigadores perceberam que os defeitos encontrados nos ratinhos eram consequência de uma activação crónica do sistema nervoso simpático, que se encarrega de regular alguns processos biológicos básicos, como a respiração e o sistema cardiovascular.
 

 

A equipa do CSIC responsável pela descoberta destacou a sua importância do ponto de vista clínico, já que a taquicardia vinculada ao sistema simpático é considerada um grande factor de risco para o desenvolvimento de doenças cardiovasculares no Homem.
 

 

Os especialistas também observaram semelhanças entre a doença cardiovascular dos roedores e a dos humanos, entre elas que o desenvolvimento da hipertensão é progressivo e alcança níveis máximos na idade adulta. Os cientistas comprovaram ainda que os problemas causados pela falta de VAV3 podem ser resolvidos com fármacos utilizados para o tratamento da hipertensão em humanos.
 

 

MNI- Médicos na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.