Descoberta nova proteína do parasita que causa Doença do Sono

Estudo publicado na “PLoS Biology”

11 maio 2008
  |  Partilhar:

Investigadores do Centro Nacional de Pesquisa Científica identificaram uma nova proteína do parasita Trypanossomo (responsável pela doença do sono), cuja ausência impede que este se alimente, aponta um estudo publicado na revista “PLoS Biology”.
 

 

O parasita Trypanossomo transmite-se através da picada da mosca Tsé-Tsé e é responsável pela doença do sono.
 

 

Em comunicado enviado à imprensa, a equipa liderada pelo microbiologista Derrick Robinson, explicou que a proteína identificada, denominada BILB01, permite a formação de uma bolsa graças à qual o parasita se alimenta: quando privado da proteína, torna-se incapaz de fabricar a bolsa, deixando de poder alimentar-se e acabando por morrer.
 

 

De acordo com Mélanie Bonhivers, membro da equipa de pesquisa, ainda não se conhece a função precisa da proteína, mas já foi descoberto um alvo que poderá conduzir ao desenvolvimento de novos fármacos mais eficazes.
 

 

De acordo com o cientista, no estado precoce, a doença do sono, que ameaça 60 milhões de pessoas em 36 países africanos, cura-se “sem problema”, mas em estado avançado, os tratamentos actuais são tóxicos, criando efeitos não desejados que “podem causar o coma ou a morte do paciente”.
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.