Descoberta inesperada de gene que regula fertilidade

Cientistas estudavam efeitos de terapias contra o cancro

01 julho 2005
  |  Partilhar:

 

 

 

Investigadores australianos anunciaram esta semana terem descoberto inesperadamente um gene regulador da fertilidade quando estudavam terapias contra o cancro.
 

 

O investigador Michael McKay, do «Centro para o Cancro» do Hospital Peter MacCallum de Melbourne, explicou num comunicado que a descoberta ocorreu durante um estudo sobre os efeitos da radioterapia.
 

 

Por meio de engenharia genética, McKay criou um ratinho que não dispunha de dois genes necessários para reparar ADN danificado por radiação e descobriu que o animal não podia reproduzir-se.
 

 

«Interessava-nos este tipo de genes pelo seu comportamento especial na reparação de danos causados pela radiação, por substituírem ADN danificado por ADN são procedente de outra parte do corpo», explicou o investigador.
 

 

Durante o estudo, foram também criados ratinhos com um desses genes, conhecidos como REC8, e comprovou-se que as fêmeas abortavam sempre que engravidavam. McKay explicou que usou ratinhos na sua experiência devido à semelhança da sua estrutura genética com a dos seres humanos.
 

 

O próximo passo na investigação será dado pelos cientistas David de Kretser e Moira O’Bryan, do Instituto de Saúde de Monash, também em Melbourne, que contam com um grande arquivo de tecidos de pessoas estéreis e estudam o comportamento do gene REC8 nesses tecidos.
 

 

As conclusões da investigação serão publicadas na revista científica internacional «Development Cell».
 

 

Fonte: Lusa
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.