Desceu tempo médio de espera para cirurgia

Dados do Ministério da Saúde

24 agosto 2009
  |  Partilhar:

O tempo médio de espera para uma cirurgia desceu 17,1% no último ano, sendo actualmente de 3,4 meses, segundo dados revelados à agência Lusa pelo secretário de Estado da Saúde, Manuel Francisco Pizarro.

 

O número de utentes inscritos nas listas para cirurgias baixou de 174.179 para 169.461 no último ano (menos 10,3%), tendo também o tempo médio de espera apresentado uma redução de 17,1%, passando de 3,7 meses, em 2008, para 3,4 meses em 2009.

 

O número de utentes sujeitos a cirurgias subiu ligeiramente, de 224.457 para 244.164. Dos doentes que constavam da lista de 2009, 231.678 foram intervencionados em hospitais públicos e 12.486 em hospitais convencionados. A especialidade que registou o maior tempo de espera no universo dos utentes operados foi oftalmologia (41,5%), seguindo-se a cirurgia de cabeça e pescoço, que inclui otorrinolaringologia e estomatologia (22,2%) e a cirurgia vascular (21,4%).

 

Em relação à evolução das listas de espera para cirurgias a neoplasias malignas, o número de utentes inscritos diminuiu de 4.094 no primeiro semestre de 2008 para 3.613 no mesmo período deste ano (menos 13,1%), tal como o tempo médio de espera, que passou de 36 para 27 dias no mesmo período.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.