Desastres, atropelamentos e quedas

Um dia na sala de emergência é sempre imprevisível...

10 novembro 2002
  |  Partilhar:

Um dia na sala de emergência é sempre imprevisível. Pode ser calmo, praticamente sem movimento e pode ser marcado pela agitação da entrada sucessiva de doentes graves.
 

 

A experiência tem mostrado que os fins-de-semana e o Verão são os períodos com maior número de sinistrados por existir maior circulação nas estradas.
 

 

Não é raro que, aos fins-de-semana, ali entrem também pessoas baleadas ou esfaqueadas em resultado de brigas com muito álcool.
 

 

Mas, claro, um acidente pode acontecer em qualquer dia e a qualquer hora. E tanto pode envolver apenas uma pessoa como uma família inteira. É sempre uma incógnita.
 

 

Leia tudo no Público

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar