Desapareceu Plano Reumatológico Nacional

As propostas foram entregues mas ninguém sabe onde estão os documentos

04 fevereiro 2002
  |  Partilhar:

Os reumatologistas portugueses apresentaram, em 1996, um estudo com um conjunto de propostas visando o estabelecimento de um Plano Reumatológico Nacional para ajudar um milhão de portugueses que sofre destas doenças, mas seis anos depois “ninguém sabe onde estão os documentos”, disse ao CM fonte ligada ao processo.
 

 

“Nunca ouvi falar desse estudo. Na Direcção-Geral de Saúde temos uma divisão de doenças crónicas onde, a ter sido entregue esse estudo, teria sido apreciado. Mas eu nunca tomei conhecimento desse estudo. Se mo enviarem, irei analisá-lo”, garantiu por seu turno ao CM Pereira Miguel, director-geral da Saúde, que tomou posse em Maio do ano passado.
 

 

Este responsável disse ainda ao CM que não existe nenhum Plano Reumatológico Nacional. O documento - intitulado “Proposta de Plano/Programa de Assistência Reumatológica em Portugal -, assegura no entanto a nossa fonte, foi mesmo entregue em 1996 aos serviços centrais da saúde.
 

 

Veja mais em: Correio da Manhã
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.