Depressão: estimulação elétrica em combinação com antidepressivo é eficaz

Estudo publicado no “JAMA”

13 fevereiro 2013
  |  Partilhar:

A estimulação elétrica conjuntamente com a toma de um antidepressivo é bastante eficaz no tratamento da depressão, sugere um estudo publicado no “JAMA”.


A depressão é um transtorno mental que afeta a capacidade de um indivíduo atuar normalmente. Esta condição causa flutuações de humor e um sentimento de tristeza acentuado, que pode persistir durante longos períodos de tempo e interferir com a capacidade de agir e trabalhar. Esta doença pode ser tratada com medicamentos, psicoterapia ou uma combinação de ambos.


Neste estudo, os investigadores da Universidade de São Paulo, no Brasil, decidiram averiguar a eficácia de dois tipos de tratamento, contando para tal com a participação de 120 indivíduos com depressão moderada a severa.


Os participantes foram divididos em dos grupos: um que tomou um dos antidepressivos mais prescritos nos EUA - a sertralina - e outro que foi submetido à estimulação elétrica. Seis semanas após o tratamento os investigadores avaliaram, através de uma escala para o efeito, os sintomas depressivos dos participantes.


O estudo apurou que os dois tipos de tratamento eram igualmente benéficos. Contudo, quando os participantes foram submetidos ao tratamento de sertarlina conjuntamente com estimulação elétrica as pontuações obtidas foram significativamente maiores. O tratamento conjunto aumentou a pontuação em 8,5 e 5,9 pontos, comparativamente com a toma do antidepressivo e estimulação elétrica, respetivamente.


De acordo com o estudo, estes resultados têm grandes implicações no tratamento inicial da depressão. O tratamento combinado é assim uma opção de tratamento mais vantajosa do que apenas a toma dos antidepressivos.


ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.