Depois dos excessos, dê um descanso ao seu estômago
26 dezembro 2001
  |  Partilhar:

Se tem comido em excesso neste Natal, sobretudo pratos muito elaborados e ricos em gorduras saturadas … Se, além do mais, não pensa controlar a ingestão de doces… Se o stress das compras de Natal o tem feito tomar vários cafés por dia...Se fuma mais...Tenha atenção: O estômago pode estar prestes a preparar uma revolução...
 

 

Apesar de estarmos em épocas festivas, é preciso muita atenção ao que come e bebe. É se possui um «estômago fraco», os excessos cometidos durante as festas podem ser altamente prejudiciais para o seu organismo. Por isso, aqui vão alguns conselhos para entrar em cheio no próximo ano. E, depois dos excessos, prometa ao seu estômago algum descanso.
 

 

Como, quanto e quando comer?
 

 

Devem-se fazer ingestões de pouco volume e elevada periodicidade. No mínimo, seis refeições por dia: café da manhã, lanche na metade da manhã, almoço, lanche e merenda na tarde e jantar. Quando o jantar for cedo, o lanche passará para a noite.
 

 

Quais os outros factores a ter em conta?
 

 

As temperaturas dos alimentos são importantes. O frio ou o calor excessivo são irritantes da mucosa gástrica. Aconselha-se comê-los pouco quentes. O modo de cozimento é importante. Os vegetais e frutas crus devem ser descascados e sem sementes. A carne não deve estar muito cozida, caso seja assada, a crosta tostada poderá ser irritante. São preferíveis as carnes fervidas. Geralmente, são desaconselháveis os alimentos fritos, bem como pratos muito temperados.
 

 

Que carnes escolher e o que fazer com as gorduras?
 

 

As carnes brancas irritam menos do que as vermelhas, dado que se assimilam muito mais facilmente e ficam menos tempo no estômago. Em geral, devem-se evitar as gorduras. Mas, uma dieta normal deve contê-las para um óptimo equilíbrio alimentar.
 

 

Outros alimentos que podem ser irritantes
 

 

As fibras cruas, o farelo de cereais em excesso, os temperos fortes, a cafeína são irritantes da mucosa gástrica. Deve-se evitar consumir doces em excesso.
 

 

Tabaco e álcool?
 

 

Tenha atenção à quantidade de álcool ingerido, bem como ao consumo de tabaco. Por todas as razões e mais algumas evite e, se possível, corte-os completamente da sua vida.
 

 

Exercício físico
 

 

Faça uma actividade física apropriada à idade e o estado de cada pessoa. Adopte por comportamentos que reduzam o nível de stress. Afinal, a vida são só dois dias...
 

 

Paula Pedro Martins
 

MNI - Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.