Dengue: Brasil está sob risco de epidemia

Governo antecipa medidas de combate à doença

06 setembro 2010
  |  Partilhar:

As acções de combate à dengue foram antecipadas pelo governo brasileiro devido ao risco de epidemia e surtos de doença em todo o país, dá conta uma notícia avançada pela agência Lusa.

 

O ministro da Saúde, José Gomes Temporão, revelou ter antecipado as actividades, porque foi avaliado um risco importante de surtos e epidemias em estados brasileiros, sendo que em 19 deles, o risco é alto ou muito alto.

 

Esta doença ʺé um problema de saúde e é recorrente. É compreensível que a sociedade queira uma saída mágica, mas não há magias em relação a essa questão. Só se vai resolver quando for desenvolvida uma vacina que imunize contra os quatro tipos da doença", diz ainda José Gomes Temporão.

 

As estratégias de combate à doença incluem nomeadamente visitas ao domicílio, mobilizações colectivas de limpeza urbana, reforço na recolha de lixo e aplicação de insecticidas e larvicidas.

 

O governo brasileiro vai fornecer aos estados e municípios mais de 260 mil litros de insecticidas, 3 toneladas de larvicidas, 20 aparelhos formicidas para matar os mosquitos adultos, 800 mil litros de soro, um milhão de comprimidos de paracetamol e um milhão de envelopes de sais de reidratação oral.

 

O número de casos de dengue no Brasil já ultrapassou os 730 mil casos este ano, um aumento de 120% face ao mesmo período de 2009.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A
 

Partilhar:
Classificações: 1 Média: 5
Comentários 1 Comentar