Deixe de fumar e emagreça

Empresa francesa cria fármaco para dois em um

07 junho 2004
  |  Partilhar:

Se sempre deu a desculpa de continuar a fumar porque não quer engordar, pode começar a pensar largar o vício de vez.
 

Cientistas norte-americanos estão a desenvolver um medicamento que pode ajudar as pessoas a parar de fumar e emagrecer ao mesmo tempo. A droga Rimonabant bloquearia os circuitos no cérebro que controlam o desejo de comer. E o fabricante, a empresa francesa Sanofi-Synthelabo, pretende comercializar o Rimonabant a partir de 2005.
 

Em um teste, a droga ajudou as pessoas a perder em média nove quilos por ano. E, por outro lado, dobrou as probabilidades de parar o consumo de tabaco, pelo menos a curto prazo.
 

«O composto é ideal para as pessoas que estão acima do peso e fumam», disse o médico responsável pelo segundo teste, Robert Anthenelli, da Universidade de Cincinnati, EUA.
 

Segundo os cientistas, a droga bloqueia o sistema endocabinóide no cérebro, que regula a fome e provavelmente outros desejos, incluindo o de consumir álcool. Acredita-se que comer e fumar em excesso podem estimular o sistema, levando as pessoas a comerem e fumarem ainda mais.
 

O Rimonabant parece bloquear a capacidade do corpo de receber esses sinais, diminuindo o nível do mau colesterol e, ao mesmo tempo, aumentando os níveis do bom colesterol.
 

Em relação aos fumadores, 28 por cento dos que tomaram a droga abandonaram os cigarros por pelo menos um mês, comparados com apenas 16 por cento dos que tomaram placebos. Os pacientes que tomaram o Rimonabant e pararam de fumar ganharam pouco ou nenhum peso, e um terço chegou a perder.
 

«O medicamento parece ajudar os pacientes a perder peso continuamente durante um período de 12 meses, mas espero por resultados mais duradouros», disse Ian Campbell, do Fórum Britânico de Obesidade.
 

Para o especialista, quem pára de fumar tem tendência a ganhar peso, e isso desmotiva as pessoas mesmo a tentar abandonar o hábito. «Uma droga que ataque esses dois problemas representaria uma oportunidade fantástica», afirmou Campbell à BBC.
 

Traduzido e adaptado por:
 

Paula Pedro Martins
 

Jornalista
 

MNI-Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.