Degenerescência macular associada à idade: novo alvo terapêutico foi descoberto

Estudo publicado nos “Proceedings of the National Academy of Sciences”

09 agosto 2012
  |  Partilhar:

Investigadores americanos realizaram uma importante descoberta sobre a degenerescência macular associada à idade, conhecida como atrofia geográfica, refere um estudo publicado nos “Proceedings of the National Academy of Sciences”.
 

A atrofia geográfica é uma condição incurável que causa a cegueira de milhões de indivíduos devido à morte das células epiteliais pigmentadas da retina.

Estudos anteriores publicados na revista “Nature” revelaram que os olhos dos indivíduos com atrofia geográfica apresentam uma deficiência numa enzima, a DICER1, que conduz à acumulação de moléculas tóxicas de Alu ARN no epitélio da retina.
 

Um outro artigo científico publicado na “Cell” deu conta que, quando estas moléculas se acumulam, despoletam a ativação de um complexo imune conhecido por inflamossoma NLRP3. Por sua vez, esta ativação conduz à produção de uma outra molécula, a IL-18, que causa a morte das células epiteliais pigmentadas e a perda da visão através da ativação de uma proteína conhecida por MyD88. Os investigadores demonstraram que a atividade do inflamossoma, da IL-18 e do MyD88 estava aumentada nos olhos dos pacientes com atrofia geográfica e que o seu bloqueio poderia impedir a degeneração da retina em vários modelos experimentais.
 

Neste estudo, os investigadores liderados por Jayakrishna Ambati verificaram que a Alu ARN ativa uma família de enzimas conhecidas por ERK ½. Verificou-se que estas enzimas, que estavam aumentadas no epitélio pigmentado da retina, eram os principais mediadores da morte das células.
 

Este estudo também definiu o mecanismo e morte celular nos indivíduos com atrofia geográfica e identificou um novo alvo terapêutico para a forma seca da degenerescência macular associada à idade.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.  
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.