Deficiência hormonal na gravidez causa atraso na linguagem das crianças

Estudo apresentado no “European Nutrition Conference”

25 novembro 2011
  |  Partilhar:

Crianças nascidas de mães que apresentavam níveis baixos de uma hormona tiroideia durante a gravidez têm um maior risco de atraso da linguagem, de acordo com um estudo apresentado na 11a European Nutrition Conference, realizada recentemente em Espanha.

 

“Sabe-se desde a década de 1970 que as hormonas da tiróide têm um papel essencial no desenvolvimento do cérebro, explicou, em comunicado de imprensa, o líder do estudo, Henning Tiemeier, da Erasmus University, em Roterdão, na Holanda, acrescentando que “a criança em desenvolvimento depende de um aumento hormonal materno durante a gravidez, especialmente durante os primeiros três meses".

 

O estudo mostrou que as crianças nascidas de mulheres que apresentaram uma redução dos níveis de uma hormona da tiróide tinham um maior risco de desenvolver atraso da linguagem expressiva entre os 18 e 30 meses. A linguagem expressiva inclui a capacidade de formar frases, usar a gramática correctamente e contar uma história ou episódio. Tiemeier concluiu que as "mudanças fisiológicas subtis podem ter um efeito considerável sobre a saúde das crianças. No entanto, é muito cedo para especular sobre as possíveis intervenções".

 

Durante o desenvolvimento cerebral, as hormonas tiroideias estão envolvidas na formação do hipocampo, uma região do cérebro que influencia na formação da memória e que também está envolvida na migração de células para o córtex, a " massa cinzenta" do cérebro.

 

A equipa de Tiemeier trabalha em conjunto com outros 20 parceiros, na Europa e nos EUA, participando do projecto Nutrimenthe, que analisa como a dieta das mulheres grávidas afecta o desempenho mental dos bebés e das crianças. O ácido fólico é apenas um dos nutrientes de interesse para o projecto. Outros incluem ácidos gordos ómega-3, vitaminas B e minerais como o ferro.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.