Défice da Saúde sobe para 360 milhões de contos, anuncia ministra
27 junho 2001
  |  Partilhar:

A ministra da Saúde apresentou hoje uma nova estimativa para o défice global do sector em 2000, que segundo as novas contas deverá ascender a quase 360 milhões de contos.
 

 

Este quantitativo representa mais 27 milhões do que estava oficialmente previsto até agora, tendo Manuela Arcanjo justificado o aumento com a quebra na estimativa das receitas próprias.
 

 

Os números apresentados por Manuela Arcanjo na comissão parlamentar de Economia e Finanças significam um aumento de 8% nas previsões divulgadas pelo Ministério da Saúde aquando da discussão do Orçamento de Estado de 2001.
 

Nessa altura, a tutela estimava que o valor do défice global da Saúde se situasse nos 333 milhões de contos.
 

 

A justificação da correcção nas previsões, e o novo valor de 359,9 milhões de contos de défice global, reside, segundo a governante, numa "quebra nas estimativas das receitas próprias" de cerca de 20 milhões de contos e na "entrada" de sete milhões de contos de facturas anteriores a 2000 que ainda não haviam sido contabilizadas.
 

 

Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.