Decifrado genoma de bactéria hospitalar

Estudo publicado na revista Nature Genetics

26 junho 2006
  |  Partilhar:

 

Cientistas britânicos conseguiram decifrar o genoma de uma bactéria hospitalar resistente a antibióticos, a Clostridium difficile, responsável por problemas intestinais que podem ameaçar a vida dos pacientes. O estudo foi feito por investigadores do Sanger Institute, em Cambridge, e publicado pela revista "Nature Genetics".
 

 

A grande capacidade de mutação torna esta bactéria extremamente resistente aos tratamentos. "Mais de 10% do genoma de C. difficile é formado por elementos móveis", refere o médico Mohammed Sebaihia, responsável pela investigação.
 

 

Em bactérias semelhantes -como as causadoras do botulismo e do tétano – cerca de metade desses genes está ausente, o que as torna desprovidas dessa capacidade de mutação.
 

 

A bactéria estudada pelos investigadores de Cambridge pode "hibernar" sob a forma de esporos. E como estes esporos são muito resistentes à maior parte dos antibióticos, é muito difícil erradicá-la, tornando-se de fácil propagação.
 

Apenas dois antibióticos são eficazes, afirma em comunicado o Sanger Institute, que com este estudo espera contribuir para o desenvolvimento de novas estratégias de prevenção e de detecção de infecções e, a longo prazo, conduzir a novos tratamentos.
 

 

Uma nova estirpe mais agressiva, nomeada "027", surgiu em 2003 nos hospitais dos Estados Unidos e provocou diversas mortes. A "027" apareceu depois no Reino Unido, na Bélgica e na Holanda. Na França, foi registada pela primeira vez em 2006, em 33 pacientes (de 27 a 95 anos) infectados entre Janeiro e Abril, no Hôpital de Valenciennes, mas não foram registadas mortes nestes casos.
 

 

MNI- Médicos na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.