Danos hepáticos devido a suplementos de massa muscular: novos achados

Estudo publicado na “Alimentary Pharmacology & Therapeutics”

05 abril 2019
  |  Partilhar:
Um novo estudo revelou que os homens que sofrem danos no fígado, na sequência da toma de suplementos para ganhar massa e força muscular, apresentam um padrão distintivo e uniforme de sintomas.
 
Os resultados do estudo que foi conduzido por investigadores de várias instituições de investigação norte-americanas, identificaram que aquele padrão de sintomas era frequentemente prolongado e acompanhado de incapacidade e perda de peso. 
 
Andrew Stolz, líder do estudo, da Universidade da Califórnia do Sul, EUA, e colegas, recrutaram 44 homens com uma mediana de idades de 33 anos. Os participantes tinham desenvolvido danos hepáticos que tinham sido atribuídos à toma de suplementos de venda livre para ajudar a ganhar massa e força muscular.
 
Foi observado que todos os participantes exibiam icterícia (pigmentação amarelada nos olhos e pele) e 84% apresentavam prurido (comichão). 
 
Os danos hepáticos causaram a hospitalização de 71% dos pacientes. Nenhum dos homens morreu ou necessitou de um transplante de fígado.
 
A análise química dos suplementos de musculação tomados pelos participantes revelou a presença de substâncias esteroides anabolizantes ilícitas e que não estavam mencionadas nos rótulos dos produtos. 
 
Os esteroides anabolizantes são controlados em países como os EUA, Canadá e Reino Unido.
 
Perante os resultados, Andrew Stolz considerou que “os esteroides anabolizantes deveriam apenas ser usados sob a rigorosa supervisão de um médico”.
 
“Os pacientes precisam de informar os seus prestadores de cuidados se estiverem a tomar alguma forma de suplemento nutricional e deveriam ser especialmente cautelosos relativamente aos suplementos para ganho de massa muscular (…)”, recomendou o investigador.
 
ALERT Life Sciences Computing, S.A.
Partilhar:
Comentários 0 Comentar