Dádivas de sangue não estão garantidas

Gerações não se renovam

14 novembro 2013
  |  Partilhar:

O futuro das dádivas de sangue não está garantido, uma vez que as gerações não se renovam, razão pela qual foi lançada uma plataforma para captar novos dadores, dá conta o presidente do Instituto Português do Sangue e da Transplantação (IPST).
 

Helder Trindade revelou que a plataforma “Dador” apela à dadiva de através das novas tecnologias, incluindo uma aplicação para telemóvel, uma aplicação para Facebook e um website, fornecendo informações sobre o estado da reserva nacional de sangue, os grupos sanguíneos mais procurados em cada momento e os locais mais próximos para a dádiva.
 

“A plataforma pode ser descarregada para smartphones e iphones e tem duas vertentes. Uma diz respeito a diverso tipo de informação para os dadores – como as perguntas mais frequentes, testes para avaliar e dizer se a pessoa pode ser dador, indicação do estado das reservas e a quantidade de sangue necessário”, explicou à agência Lusa o presidente do Instituto.
 

A plataforma pode também estar ligada por via GPS aos locais onde há colheita, o que permite conduzir os dadores diretamente aos postos de colheita e inclusivamente revelar postos móveis que possam estar menos visíveis, como uma carrinha escondida atrás de um edifício, acrescentou.
 

“A plataforma tem também um aspeto interessante para os jovens: criámos jogos online, atribuindo medalhas e pontos, para cativar os mais jovens para esta causa”, explicou. O objetivo é continuar a procurar dadores mais jovens, porque “o futuro não está garantido”.
 

Este ano, o IPST contabilizou, até final do mês de agosto deste ano, 15.200 novos dadores com menos de 35 anos.
 

“É um número significativo mas que não nos deixa ficar tranquilos, porque a população está envelhecida, os nascimentos não estão a aumentar e temos a emigração, por isso temos que trabalhar mais no sentido de os jovens darem mais para manter no futuro dádivas de sangue”, disse.
 

Desta forma o IPST tem trabalhado junto das universidades e dos call-center, não só para angariar novos dadores, mas também para tentar fidelizar os novos dadores deste ano e torná-los dadores regulares.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.