Cura para a ressaca pode estar nas cinzas dos vulcões

Comprimidos absorvem as toxinas do álcool, diz empresa comercializadora

07 agosto 2002
  |  Partilhar:

Depois de uma noite de copos, o mais normal é sentir-se muito mal. Dores de cabeça, náuseas, vómitos, sede são alguns dos sintomas que lhe afectam o dia-a-dia.
 

 

Mas, agora, uma empresa britânica anunciou ter desenvolvido um remédio para a ressaca feito com cinzas de vulcão. A Global Health Products (GHP) afirma que os comprimidos absorvem as toxinas do álcool.
 

 

Segundo a BBC, o medicamento, baptizado de Zetox, já pode ser comprado através da internet. Mas a empresa está a tentar um financiamento de 300 milhões de libras para colocar o produto nas farmácias e pretende começar os testes clínicos com o medicamento.
 

 

A empresa afirma que o mineral tirado das cinzas dos vulcões é um tradicional agente desintoxicante, já usado em filtros de água e para o tratamento das vítimas da contaminação radioactiva de Chernobyl.
 

 

A empresa vende o produto em seu website como «um suplemento natural para desintoxicar o corpo».
 

 

Keneth Maule, que desenvolveu o medicamento, disse à BBC que seis cápsulas de Zetox são suficientes para que uma pessoa - que tenha bebido de quatro a cinco doses de álcool – fique sem dor de cabeça.
 

 

E, segundo o voluntário da experiência, Gary Lock, o remédio funciona mesmo. «O medicamento remove quase todo o álcool do organismo, evitando assim a ressaca», confirmou à BBC Paul King, representante da GHP.
 

 

A ressaca é causada por substâncias produzidas pelo metabolismo do álcool no corpo. O álcool é diurético e causa desidratação, além de dores de cabeça e diarreia.
 

 

Guy Ratcliffe, do Conselho Médico sobre o Álcool da Grã-Bretanha, afirmou que o medicamento parece ser «potencialmente promissor».
 

 

«Se, realmente, o mineral absorve as substâncias relacionadas à ressaca, como promete, posso prever o que essa descoberta pode representar no futuro».
 

Mas o médico afirmou que ainda são necessários estudos e testes clínicos formais para comparar os efeitos do Zetox com um placebo. Além disso, o novo medicamento pode encorajar as pessoas a beberem mais. Segundo o investigador
 

 

Robert Patton, o alcoolismo pode causar doenças do coração e do fígado, entre outras.«Mesmo que atenue os efeitos de um dia seguinte de bebedeira, esse remédio não vai evitar os danos causados pelo álcool».
 

 

Paula Pedro Martins
 

MNI-Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.