Crianças portuguesas têm excesso de peso

Estudo apresentado no Reino Unido

05 janeiro 2004
  |  Partilhar:

Mais de 31 por cento das crianças portuguesas entre os sete e os nove anos têm excesso de peso. Esta é a principal conclusão de um estudo sobre a prevalência da obesidade em Portugal, levado a cabo por cinco investigadores. O trabalho, financiado pela Fundação Ciência e Tecnologia, não está ainda terminado mas as primeiras conclusões foram já apresentadas na Universidade de Loughborough, no Reino Unido, no decorrer do simpósio da Sociedade para o Estudo da Biologia Humana, este ano dedicado à obesidade infantil. A investigação - conduzida por Cristina Padez, do Departamento de Antropologia da Universidade de Coimbra, Teresa Fernandes, do Departamento de Biologia da Universidade de Évora, Vítor Marques, do Centro de Antropobiologia do Instituto de Investigação Científica Tropical, de Lisboa, Pedro Moreira, da Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação da Universidade do Porto e Isabel Mourão, do Departamento de Ciências do Desporto da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro - teve início em Outubro de 2002 e deverá estar concluída em 2004. Fonte: Público

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.