Crianças: Muitas horas de TV, falta de regras...

e de outros interesses

15 outubro 2004
  |  Partilhar:

Os jovens portugueses vêem muitas horas de televisão, não têm regras nesta actividade e estão pouco empenhados em outras ocupações dos tempos livres, concluiu um estudo apresentado nas XII Jornadas de Pediatria de Évora.«Ver televisão - Hábitos e Comportamentos na Adolescência» é o tema de um trabalho realizado pela sub-região de saúde de Évora e o Serviço de Pediatria do Hospital Espírito Santo, na mesma cidade, sobre "Os hábitos televisivos e de utilização dos media na ocupação dos tempos livres dos adolescentes".Os autores pretenderam ainda avaliar a eventual relação entre os hábitos televisivos e de utilização dos media com os comportamentos de risco. O estudo baseou-se em 280 inquéritos a jovens com idades compreendidas entre os 10 e os 18 anos (idade média de 12,7 anos) que frequentam as aulas de Educação Física numa escola do concelho de Évora.Os resultados da investigação apontam para um «elevado número de horas de visionamento televisivo»: a maioria (52 por cento) prefere ver televisão ao fim-de-semana sempre que pode, 33,6 por cento vê uma a duas horas de televisão diariamente, enquanto 52,8 vê mais que três horas por dia de televisão aos fins-de-semana.O estudo salienta a «ausência de regras em casa deste tipo de actividade», o que pode denunciar «a pouca informação e sensibilização dos pais em relação à influência dos media no comportamento das crianças». A maioria (65 por dento) dos inquiridos tem televisão no quarto, e uma maior quantidade (74,1 por cento) não tem regras em casa sobre quando «pode ver tv».Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.