Crianças ilibadas da propagação da gripe

Estudo publicado na Science questiona meio de transmissão

09 abril 2006
  |  Partilhar:

 

Crianças pequenas, consideradas há muito tempo como "máquinas de transmitir doenças" em infantários e escolas, podem ser um factor menor nas epidemias sazonais de gripes, diz um estudo publicado na revista Science.
 

 

Cecile Viboud, do National Institute of Health, da University of Pennsylvania, estudou 30 anos de dados sobre a gripe. "Na média, a gripe interpandémica [sazonal] demorou 5,2 semanas para se propagar pela parte sul dos EUA entre 1972 e 2002", escreveram os cientistas no estudo apresentado.
 

 

A equipa de Viboud examinou dados sobre óbitos por gripe e sobre migrações de trabalhadores, com base no Censo nacional e em estudos do Departamento de Transportes.
 

 

“A difusão regional da infecção está mais estreitamente correlacionada com as taxas de movimentação de pessoas de e para os locais de trabalho do que com a distância geográfica", escreveram os investigadores, acrescentando que a disseminação da gripe de longa distância, entre cidades e Estados, está ligada aos movimentos realizados pelos adultos e não pelas crianças.
 

 

Os investigadores também descobriram que a epidemia anual de gripe dos EUA começa na Califórnia, o Estado mais populoso do país, ressaltando, no entanto, que só o grande número de habitantes do Estado não explica esse facto. "Esmiuçar as causas dessa interessante tendência geográfica em termos de tamanho populacional, conectividade internacional e destinos preferidos pelos californianos (em particular Ásia e Austrália) é algo que pode ter implicações significativas para a compreensão da difusão internacional da gripe".
 

 

Em todo o mundo, a doença provoca entre 250 mil a 500 mil mortes por ano. E estes números podem duplicar em época de pandemia — a última ocorreu em 1968. Especialistas afirmam que uma nova pandemia está, por isso, "atrasada" e temem que o vírus H5N1, da gripe das aves, seja o responsável, caso sofra uma mutação que permita o contágio entre humanos.
 

 

MNI- Médicos na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.