Crianças com hábitos saudáveis seguem uma dieta próxima da mediterrânica

Estudo publicado na revista “Nutrients”

18 fevereiro 2016
  |  Partilhar:

As crianças e adolescentes entre os nove e os 17 anos que têm um padrão de vida saudável têm uma alimentação mais próxima da dieta mediterrânica, esta é uma das conclusões do estudo “Padrões de hábitos alimentares, estilos de vida e excesso de peso em crianças e adolescentes espanhóis no estudo científico ANIBES”.
 

De acordo com o comunicado de imprensa enviado à ALERT, o estudo, realizado pela Fundação Espanhola de Nutrição (FEN) conjuntamente com um comité científico de especialistas, focou-se na identificação de padrões de estilos de vida e padrões alimentares em menores (nove a 17 anos) que participaram no estudo científico ANIBES (“Antropometria, Ingestão, e Balanço Energético em Espanha”).
 

O estudo, publicado na revista “Nutrients”, identificou quatro padrões diferentes de alimentação, entre os quais se destaca o padrão mediterrânico, pela sua proximidade com a dieta mediterrânica tradicional.
 

“Caracteriza-se pela predominância de vegetais, azeite, peixe, frutas, iogurte, leite fermentado e água e uma menor ingestão de outros alimentos e bebidas, carnes processadas, molhos, doces, bebidas açucaradas e suplementos alimentares”, explicou a presidente da Sociedade Espanhola de Nutrição Comunitária (SENC), Carmen Pérez-Rodrigo.
 

“Também foram identificados outros padrões como o denominado 'aperitivos', caracterizado por um elevado aporte de pão, carnes processadas e queijo. O padrão ‘massa’, centrado numa elevada ingestão de massas, molhos e temperos, assim como produtos de padaria mas com baixo consumo de legumes”, refere Carmen -Rodrigo.
 

“Por último, existe outro padrão de alimentos denominado leite e alimentos açucarados caracterizado pela elevada quantidade de leite, açúcar, alimentos açucarados e suplementos alimentares”.
 

Este estudo também demonstrou que com base na análise dos hábitos alimentares, atividade física, comportamentos sedentários e horas de sono existem dois padrões de estilos de vida. Identificou-se um padrão de estilo de vida saudável caracterizado por elevados índices de atividade física, uma escassa atividade sedentária, uma alimentação saudável e uma duração de sono adequada, e um padrão de estilo de vida pouco saudável, caracterizado por uma baixa atividade física e uma alimentação menos adequada. Neste padrão inclui-se uma elevada percentagem da população feminina entre os 9 e os 17 anos (32% do total de indivíduos).
 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.