Crianças com amigos imaginários são mais desenvolvidas

Estudo publicado na revista “Child Development”

17 agosto 2009
  |  Partilhar:

Os amigos imaginários, grandes companheiros das crianças mais pequenas, contribuem para o desenvolvimento da linguagem, de acordo com um estudo neozelandês publicado na revista “Child Development”.

 

A equipa co-liderada por Gabriel Trionfi e Elaine Reese, da University of Otago, aferiu a capacidade linguística de 48 crianças de ambos os sexos, com cinco anos e meio de idade. Deste total, 23 crianças tinham amigos "invisíveis".

 

A capacidade linguística das crianças foi avaliada com base no seu vocabulário e na sua capacidade de contar uma história ficcional a um boneco ou de construir uma história realista baseada num passeio ou acontecimento familiar.

 

Embora não tivessem existido diferenças significativas em termos de vocabulário, as crianças com amigos imaginários contavam as histórias fictícias e reais com mais pormenores. "O mais importante é que as crianças com amigos imaginários adequavam as suas histórias à tarefa. Nas histórias ficcionais incluíam mais diálogos e nas histórias realistas forneciam mais informações sobre hora e lugar, em comparação com as crianças sem amigos imaginários", explicou a investigadora Elaine Reese, numa nota de imprensa publicada no sítio oficial da universidade.

 

A investigadora acrescentou ainda que "como a capacidade das crianças para contar histórias é um forte indicador da sua futura capacidade de leitura, essas diferenças podem ter mesmo repercussões positivas no desempenho escolar das crianças".

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.