Criança morre de meningite fulminante

Bebé de seis meses é o quarto caso no distrito de Leiria

04 dezembro 2003
  |  Partilhar:

Uma criança de seis meses morreu ontem no Hospital de Santo André, em Leiria, vítima de meningite meningocócica fulminante. O bebé entrou na Urgência Pediátrica na noite de terça-feira e acabou por morrer na manhã de ontem. Era «uma situação muito grave», disse o director de Serviço de Pediatria, Bilhota Xavier. «Na maior parte destes casos, a situação é incontrolável, fulminante. De tal modo que acaba em poucas horas», explica o clínico, dizendo que «a possibilidade de morte atinge os 90 por cento». A criança tinha sido vacinado para um dos tipos de meningite, mas para a infecção causadora da sua morte não existe qualquer tipo de prevenção. O bebé não estava em nenhum infantário. Tinha, por isso, contacto com um número limitado de pessoas. No hospital foi feita a profilaxia aos familiares, entre eles uma irmã.De acordo com a autoridade de saúde concelhia da Nazaré (área de residência da família), o médico Fernando Guerreiro, «era um bebé devidamente cuidado, que tinha feito o plano nacional de vacinação, incluindo a vacina contra a meningite». Este médico está há 13 anos na Nazaré como delegado de saúde e diz que «é o primeiro caso detectado em todos estes anos». Em Leiria houve «dois casos durante este ano, mas benignos», afirma o respectivo delegado de saúde, Jorge Costa.Foram já registados quatro casos este ano, em todo o distrito, adiantou o responsável distrital de Saúde Pública, Rui Couceiro. Um número inferior ao do ano passado e ao de 2002, segundo as autoridades.Fonte: Diário de Notícias

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.