Criança espanhola supera transplante multivisceral

Cirurgia realizada em Madrid

05 janeiro 2011
  |  Partilhar:

O menino espanhol de quatro anos que recebeu o transplante de cinco órgãos abdominais de uma criança portuguesa superou com êxito a cirurgia realizada no Hospital de La Paz, em Madrid, anunciou a equipa médica, citada pela agência Lusa.

 

O transplante múltiplo, que demorou mais de seis horas, decorreu dia 29 de Dezembro, um mês depois de a criança ter sido operada no hospital basco de Cruces para extrair um tumor abdominal de grandes dimensões, que resultou de um embrião gémeo que se instalou na zona abdominal, um caso muito raro, segundo explicou o cirurgião, Manuel López Santamaria. Contudo, o tumor provocou uma lesão em duas artérias vitais, que teve graves consequências nos órgãos abdominais, sendo a criança transferida de urgência para o hospital de La Paz.

 

Mas o transplante foi possível graças a uma doação. O rapaz recebeu novos órgãos (duodeno, intestino, pâncreas, fígado e estômago) doados por uma família portuguesa que perdeu o filho, revelou o director da Organização Nacional de Transplantes espanhola, Rafael Matesanz.

 

Apesar de a criança se encontrar isolada, sob ventilação mecânica e com prognóstico reservado, os cirurgiões destacaram que, do ponto de vista técnico, o transplante "foi um sucesso". O coordenador de transplantes do hospital La Paz, Santiago Yus, adiantou que as doações infantis não são comuns, havendo por ano cerca de 30. Estas doações são raras não só pela idade e pelo peso, mas também porque é necessário que haja morte cerebral.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.
 

Partilhar:
Classificações: 1 Média: 5
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.