Criador da ovelha Dolly quer clonar embriões humanos

Cientista espera aprovação do comité de ética do instituto Roslin

14 outubro 2002
  |  Partilhar:

O cientista britânico Ian Wilmuy, criador da ovelha Dolly, quer clonar embriões humanos dentro de seis meses, noticia este sábado a imprensa britânica. Segundo Wilmut, tudo depende da aprovação do comité de Ética do seu instituto, o Roslin de Edimburgo (Escócia, Reino Unido), e das autoridades científicas do país.
 

 

O professor reconheceu que a sua ovelha, clonada há cinco anos, nasceu com defeitos genéticos - ao que tudo indica tem cromossomas anormais - mas crê que a clonagem de embriões humanos ajudaria a tratar problemas cardíacos.
 

 

Wilmut, que ganhou a semana passada o prémio Ernest Shering em Berlim, disse também que não tem intenção de clonar bebés mediante a implantação de embriões numa mãe de aluguer, intervenção que não é legal neste país.
 

O ano passado, a companhia norte-americana Advanced Cell Technology já havia anunciado que tinha conseguido clonar embriões humanos.
 

 

Fonte: Diário Digital
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.