Criado no Porto laboratório para testar procedimentos clínicos complicados

Projecto conjunto do ICBAS e do Hospital de Santo António

20 julho 2008
  |  Partilhar:

O Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar (ICBAS) e o Hospital de Santo António, Porto, anunciaram na semana passada a criação de um laboratório de simuladores, um investimento de 175 mil euros que permitirá aos alunos testarem procedimentos clínicos em modelos artificiais.
 

 

Face ao aumento do número de vagas no curso de Medicina e para não testar esses procedimentos médicos em doentes, os alunos dos ensinos pré e pós-graduação daquelas instituições passam já no próximo ano a dispor de vários modelos à escala real.
 

 

O centro de simuladores, dispõe de 40 modelos, incluindo modelos de simulação de suporte básico de vida, de suporte imediato de vida, de exame ao fundo dos olhos e aos ouvidos, de toque rectal, de patologias cardiorespiratórias, de entubação de doentes, obstetrícia e ginecologia, entre outros.
 

 

Posteriormente, o laboratório estará aberto também a profissionais de saúde para formação contínua.
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.