Criação de espermatozóides e óvulos artificiais...

...dentro de dez anos

26 junho 2005
  |  Partilhar:

Espermatozóides e óvulos artificiais vão poder ser utilizados dentro de uma dezena de anos nos tratamentos contra a esterilidade, segundo as investigações sobre células estaminais embrionárias conduzidas por cientistas britânicos. De acordo com os estudos liderados por Behrouz Aflattoonian e Harry Moore, da Universidade de Sheffield, referidos no «Times», no futuro vai ser possível produzir células estaminais germinais (ou reprodutoras), as células que estão na origem dos espermatozóides ou dos óvulos, a partir de células estaminais embrionárias. Uma vez obtidas as células estaminais germinais, a técnica ideal seria implantá-las nos testículos do homem ou nos ovários da mulher, um ambiente em que as condições hormonais seriam favoráveis ao desenvolvimento final dos espermatozóides e óvulos pretendidos. Será também necessário um processo de clonagem terapêutico para garantir que as células estaminais germinais assim implantados tenham a assinatura genética do portador. Segundo os cientistas, dentro de dez anos irá ser possível utilizar a técnica. Estudos anteriores realizados em ratos nos Estados Unidos e no Japão já tinham provado que era possível criar células estaminais germinais a partir de células estaminais embrionárias. Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.