Cremes potencialmente cancerígenos avaliados pela agência europeia

Fármacos à venda em Portugal

23 janeiro 2006
  |  Partilhar:

Os dois cremes potencialmente cancerígenos à venda em Portugal estão a ser avaliados pela European Agency for the Evaluation of Medicinal Products (EMEA) que irá decidir sobre a introdução de avisos sobre os riscos de cancro defendidos pela organização congénere norte-americana. Os cremes Elidel (pimecrolímus) e Protopic (tacrolímus), dois medicamentos imunossupressores de aplicação tópica e indicados no tratamento de dermatite atópica (eczema), encontram-se à venda em Portugal desde 2002. A Food and Drug Administration (FDA) exigiu na semana passada que as embalagens destes cremes passem a conter um novo rótulo que avise sobre potenciais riscos de cancro. A decisão da FDA segue-se pelas recomendações feitas pelo seu comité consultivo pediátrico. O novo rótulo deverá também recomendar que os dois cremes sejam receitados só depois de serem tentados todos os outros tratamentos disponíveis. Contactado pela Agência Lusa, fonte da autoridade portuguesa para o medicamento esclareceu que estes dois cremes estão a ser avaliados pela EMEA, há cerca de um ano, e que Portugal seguirá as recomendações preconizadas por este organismo. Fonte: Lusa Médicos Na Internet

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.