Creme anti-hemorroidal usado para fins cosméticos

Laboratório emite alerta contra má-utilização do produto

08 outubro 2006
  |  Partilhar:

O laboratório alemão Schering alertou para o perigo de usar, com fins cosméticos, a pomada anti-hemorroidal Scheriproct, um medicamento também à venda em Portugal, usado por manequins e vedetas internacionais para disfarçar olheiras. "É um medicamento, não um cosmético", sublinhou em comunicado SiwEriksson, médico da filial norueguesa da Schering, acrescentando que "o seu uso aumenta os riscos de lesões podendo ter efeitos secundários". Num programa difundido em Setembro na televisão norueguesa, o estilista Jan Thomas anunciou as virtudes cosméticas das pomadas anti-hemorroidais, predominantemente utilizadas pelas estrelas de Hollywood e manequins. Segundo os jornais locais, a intervenção do estilista fez aumentar as vendas do produto na Noruega. "Temos de alertar contra o uso de cremes hemorroidais no rosto", reagiu Siw Eriksson. Os cremes rectais, como Scheriproct, contêm prednisolona, uma substância que, uma vez aplicada nos olhos ou em zonas cutâneas sensíveis, pode provocar hemorragias, acrescentou o médico. Fontes: Lusa MNI-Médicos Na Internet

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.