Coração e pulmões controlados a partir do telemóvel

Norte-americanos desenvolvem mais uma ferramenta para a telemedicina

17 dezembro 2002
  |  Partilhar:

Investigadores norte-americanos desenvolveram um mecanismo que permite aos pacientes verificar a sua respiração e frequência cardíaca através de um telemóvel. O dispositivo combina uma antena e um sensor, que detectam as actividades respiratória e cardíaca quando conectados a um telefone móvel e colocados em frente ao doente. As informações podem ser então enviadas para um centro de saúde usando apenas a rede telefónica.
 

 

O mecanismo foi criado por investigadores do Bell Labs, que pertence ao grupo Lucent Technologies. O sistema funciona inicialmente enviando as micro-ondas que são transmitidas por um telemóvel. Algumas delas são rebatidas de volta para o telefone pelo peito, coração e pulmões do utilizador. Um módulo no telefone recebe de volta os sinais, produzindo um gráfico que mostra os batimentos cardíacos e a respiração.
 

 

Estima-se que cerca de 100 milhões de americanos sofram de problemas crónicos de saúde como doenças do coração e pulmonares. E este dispositivo pode ajudar a também crescente população idosa do país.
 

 

De acordo com uma das investigadoras do projecto, Olga Boric-Lubecke, a filosofia do telemóvel - «qualquer lugar, a qualquer hora» - pode ser usada com objectivos médicos. Para a investigadora, o dispositivo poderia deixar pacientes menos ansiosos e diminuir o número de consultas médicas.
 

 

A Telemedicina, nome dado para o uso de telecomunicações para diagnóstico e tratamento médico, é um negócio que promete fazer milhões nos Estados Unidos, bem como no resto do mundo.
 

 

Traduzido e adaptado por:
 

Paula Pedro Martins
 

MNI-Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.