Contraceptivos hormonais e Corticosteróides em fumadores

Estudo publicado no “American Journal of Health-system Pharmacy”

10 junho 2008
  |  Partilhar:

A toma de certos medicamentos por fumadores pode ser contra-indicada ou ter uma dosagem diferente da dos não-fumadores, aponta um estudo divulgado no “American Journal of Health-system Pharmacy”.
 

 

O estudo reforça para o facto da prescrição das terapêuticas aplicadas pelo médico de família e ou farmacêutico deva dar uma particular relevância ao facto do doente ser fumador.
 

 

Segundo o estudo, a utilização de contraceptivos orais de qualquer género é contra-indicada em mulheres a partir dos 35 anos e que fumem 15 ou mais cigarros por dia. Esta combinação deve ser evitada neste grupo de indivíduos devido ao aumento significativo do risco de episódios cardiovasculares.
 

 

Do mesmo modo, a eficácia dos corticosteróides inalados surge também reduzida em indivíduos asmáticos que são fumadores, adverte o artigo.
 

 

O trabalho também alerta para que fumadores, cuja medicação interaja com o tabaco, poderem necessitar de uma dosagem de medicamento superior à dos não fumadores, de modo a que se verifique um tratamento eficaz. Da mesma forma, indivíduos em processo de cessação tabágica podem necessitar de uma redução na dosagem de um medicamento que apresente interacção com o tabaco.
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.