Contacto com a mãe e açúcar na chucha reduzem dor no bebé

Estudo da Escola Superior de Enfermagem de Coimbra

31 janeiro 2011
  |  Partilhar:

A combinação da sacarose, chupeta e contacto pele-a-pele entre mãe e bebé reduz a dor do prematuro durante a colheita de sangue, conclui uma investigadora da Escola Superior de Enfermagem de Coimbra (ESEnfC), Ananda Fernandes.

 

Na sua tese de doutoramento pioneira, Ananda Fernandes demonstrou a eficácia de associar o chamado ‘canguru materno’ (o contacto pele-a-pele entre mãe e bebé) à sacarose oral para diminuir a dor da criança durante o processo de colheita de sangue na veia.

 

De acordo com a professora da ESEnfC, citada pela agência Lusa, “a sacarose e a chupeta já fazem parte dos protocolos habituais”, mas a sua tese, defendida recentemente na Universidade de Lisboa, é o primeiro estudo publicado a analisar a combinação destes com o ‘canguru materno’, que consiste em o bebé, apenas com a fralda, estar deitado de barriga sob o peito nu ou a barriga da mãe.

 

A docente da ESEnfC analisou as reacções de 110 recém-nascidos sem doença grave, em duas unidades de cuidados intensivos neo-natais portuguesas. Os dados analisados na investigação são imagens vídeo com a expressão facial dos bebés e dados fisiológicos da frequência cardíaca e da saturação de oxigénio, que pode baixar perante a dor, segundo uma nota enviada à imprensa pela ESEnfC. A codificação facial foi feita através de um software específico.

 

“Os resultados demonstraram que a combinação sacarose, chupeta e ‘canguru materno’ é eficaz e segura em recém-nascidos pré-termo [prematuros], permitindo reduzir a expressão facial (olhos apertados e saliência interciliar) e o tempo de recuperação quando comparada com a simples utilização de sacarose com chupeta”, segundo a mesma nota da ESEnfC.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.